NEWSLETTER [ON]TEM

16/03/2022

Twitter é processado por postagem de Flávio Bolsonaro

Ops! Algo deu errado. Tente mudar de navegador e inserir seu e-mail novamente.

Twitter é processado por postagem de Flávio Bolsonaro. O objetivo do processo é a retirada de um tweet, que associa o acidente da linha 6 do metrô à contratação de profissionais mulheres. O vídeo publicado pelo parlamentar possui dados e depoimentos das trabalhadoras, o que, segundo os advogados, fere a reputação das mulheres expostas. [Tecnoblog

Aplicativo de transporte auxilia no aviso de ataques russos. Kiev Digital, que antes era um app de compra de passagens, passou a ser utilizado para avisar sobre ataques aéreos. O app também indica onde estão localizados abrigos antibombas próximos. [UOL]  

Meta é multada em 18,6 milhões de dólares. A multa é referente a 12 violações relacionadas ao Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia. [Engadget]

Brasileiros são preocupados com fake news, mas não admitem que são vítimas. Entre os participantes do estudo, 74% disseram que as identificam rapidamente, 66% têm técnicas para identificá-las e 23% foram ensinadas a diferenciar quando uma notícia é falsa. Pesquisa foi realizada no Brasil e em outros nove países. [Abranet]

Antivírus russo acusado de facilitar ciberataques. O German Federal Office for Information Security (BSI) publicou um aviso recomendando que os leitores substituam o software antivírus da empresa russa de segurança cibernética Kaspersky. A empresa é constantemente acusada de cooperar com o governo russo e desde 2017 foi banida de todos os órgãos do governo estadunidense. A empresa nega todas as acusações e afirma ser segura e transparente. [VICE

Newsletter diária com as principais notícias do dia anterior sobre tecnologia e sociedade. Enviada toda manhã, de segunda à sexta.