NEWSLETTER [ON]TEM

09/03/2022

Twitter cria ferramenta para burlar censura russa

Ops! Algo deu errado. Tente mudar de navegador e inserir seu e-mail novamente.

Twitter lança serviço Tor Onion para permitir o acesso ao site na Rússia. O Tor permite direcionar o tráfego de um usuário para fora do país em que está atualmente. Com isso, possibilita que as pessoas acessem conteúdo bloqueado por seus provedores de serviços de Internet domésticos ou outras formas de censura. [Vice]

Um grupo de hackers apoiados pelo governo chinês atacou pelo menos seis governos estaduais dos EUA. Segundo a empresa de segurança cibernética Mandiant, os ataques ocorreram entre maio de 2021 e fevereiro de 2022. Foram encontradas evidências de uma possível espionagem. [The Verge]

Google adquire a empresa de cibersegurança Mandiant por US$5,4 bi. O objetivo é incorporar a empresa ao Google Cloud para oferecer apoio em incidentes e consultoria de segurança geral. A aquisição deve ser concluída até o final do ano. [Protocol]

Dados de pelo menos 300 mil usuários do Mercado Livre são expostos em vazamento. A empresa informou que dados como senhas de usuário, saldos em conta, investimentos, informações financeiras ou de cartões de crédito e débito estão seguras. [Gizmodo]

Empresa é condenada após copiar arquivos íntimos de funcionário. A mineradora Buritirama S.A foi condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar uma indenização de R$ 40 mil em danos morais. Após ser demitido, o funcionário foi obrigado a entregar seu notebook pessoal e teve todos os dados copiados, inclusive os que não eram relacionados à empresa. [Tecnoblog]

Spotify e Discord apresentaram instabilidade. Em dezembro de 2021, as duas empresas também apresentaram instabilidade no mesmo dia, provavelmente por usarem a mesma plataforma de nuvem da Google. [UOL]

Newsletter diária com as principais notícias do dia anterior sobre tecnologia e sociedade. Enviada toda manhã, de segunda à sexta.