NEWSLETTER [ON]TEM

11/02/2022

Expansão de The Sims 4 não sairá na Rússia por leis anti-LGBTQ+

Ops! Algo deu errado. Tente mudar de navegador e inserir seu e-mail novamente.

Novo pacote de expansão do The Sims, My Wedding Stories, foi  proibido na Russia por causa da lei anti-gay. Esta lei, aprovada em 2013, proíbe “propaganda de relações não tradicionais entre menores”. O que  efetivamente criminaliza a livre expressão de pessoas LGTBQ na Russia. A expansão que permite casamento entre pessoas do mesmo sexo é ilegal no país. [Tecnoblog]


Departamento de Emprego Justo e Habitação da Califórnia (DFEH) procesa Tesla, alegando segregação racial no local de trabalho. Sengundo as acusações, trabalhadores negros são submetidos a insultos raciais e discriminados no ambiente de trabalho. [The Wall Street Journal]


Mais da metade do quadro de funcionários da Netflix são mulheres. Os dados divulgados pela empresa mostraram crescimento em gênero e raça em geral, mas de forma desigual entre as áreas da empresa. As mulheres agora representam 51,7% da força de trabalho global da Netflix, acima dos 48,7% em 2020. Mas em funções técnicas, as mulheres representam uma parcela menor: em 2021, 37% dos trabalhadores da Netflix nessas funções eram mulheres. [Protocol]


A Apple removeu 12 fundições e refinarias de sua cadeia de suprimentos por não aprovar os padrões de direitos humanos. A empresa exige que as fundições e refinarias que fornecem e processam os minerais utilizados em seus produtos passem por uma auditoria de terceiros. [Vice]


Trabalhadoras do sexo relatam danos financeiros por discriminação da Mastercard. Pesquisa com profissionais do sexo mostra que 90% sofreram efeitos prejudiciais em seus meios de subsistência depois que a empresa de cartão de crédito implementou regras mais rígidas para a indústria adulta.[Vice]

Newsletter diária com as principais notícias do dia anterior sobre tecnologia e sociedade. Enviada toda manhã, de segunda à sexta.