NEWSLETTER [ON]TEM

25/03/2022

EUA pretendem recrutar espiões russos através de anúncios online

Ops! Algo deu errado. Tente mudar de navegador e inserir seu e-mail novamente.

EUA quer recrutar “espiões” russos através de anúncios. Utilizando recursos de segmentação georreferenciada, autoridades estadunidenses exibem propaganda online para regiões próximas de embaixadas russas nos EUA. O objetivo é fazer com que funcionários das embaixadas cooperem com o governo americano expondo informações sobre o governo russo. [Arstechnica]

EUA: número de denuncias de abuso infantil em mídias sociais aumentaram 35%. Segundo o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (NCMEC), o aumento de denúncias é positivo, já que pode indicar que as plataformas estão conseguindo identificar melhor este tipo de conteúdo. Cerca de 29,3 milhões de imagens foram reportadas, sendo 22 de milhões apenas no Facebook. [The Guardian]   

Adolescentes são presos por fazer parte de grupo hacker. Sete pessoas foram presas por fazer parte do grupo Lapsus$, responsável por ciberataques a empresas como a Nvidia , Samsung , Ubisoft , Okta e Microsoft . Segundo as autoridades, o lider do grupo tinha 16 anos e uma riqueza acumulada em 14 milhões de dólares em criptomoedas. [BBC]

Hackers arrecadaram 7 bilhões com ciberataques. É o que aponta o relatório do FBI, que fez um levantamento sobre o faturamento de grupos hackers em 2021. Houve um aumento significativo em relação ao ano anterior e uma das hipóteses foi o aumento do trabalho remoto, por conta da pandemia de Covid-19, que deixou as empresas mais vulneráveis aos ataques. [Gizmodo]  

Anonymous realizou ciberataque ao Banco Central russo. O grupo hacker informou nas mídias sociais, que pretende divulgar mais de 35 mil arquivos nas próximas 48 horas. Segundo eles, os documentos revelam acordos secretos. Além do BC russo o jornal estatal RT também sofreu ataques. [Olhar digital]

Newsletter diária com as principais notícias do dia anterior sobre tecnologia e sociedade. Enviada toda manhã, de segunda à sexta.